As melhores fases do Batman nas histórias em quadrinhos

No ano em que Batman completa oito décadas de existência, vale relembrarmos os principais momentos do personagem nas histórias em quadrinhos. São arcos, sagas e tramas que marcaram época, influenciaram não somente a nona arte, mas outras mídias como o cinema e as animações.

| Os melhores escritores do Batman em todos os tempos

|Os melhores desenhistas do Batman em todos os tempos

Batman: O Cavaleiro das Trevas (1986)

Argumento e arte: Frank Miller.

Resultado de imagem para the dark knight returns 1986

Após anos de aposentadoria, um amargurado Bruce Wayne volta à ativa para lutar contra uma sociedade doentia e repressora. A luta entre Batman e Superman inspirou parte do controverso filma Batman V. Superman: A Origem da Justiça (2016), além de ser ponto chave e inspiração para diversas histórias em quadrinhos dos anos 80 e posteriores. Ganhou versão em animação, com dois filmes lançados em 2012 e 2013.

Batman: Ano Um (1987)

Argumento Frank Miller; arte: David Mazzucchelli.

Resultado de imagem para batman year one 1987

Origem recontada após a saga Crise nas Infinitas Terras. Miller adicionou fatos que foram incorporados nas produções de cinema a partir de Batman Begins (2005). Aqui a Mulher-Gato ganha nova roupagem (que foi desconsiderada anos depois). Ganhou uma versão animada em longa-metragem (2011).

Final da década de 60

Neal Adams

Resultado de imagem para batman neal adams

Batman passava por uma fase ruim nas histórias em quadrinhos, desmoralizado devido à famosa série da TV. Após o término do show televisivo, a DC precisou injetar sangue novo para melhorar as vendas: aí entra o grande artista Neal Adams. Com seu traço maduro e real, fomos brindados com imagens atemporais do morcego. Essa fase também trouxe dois outros grandes artistas do Batman: Jim Amparo e Irv Novick no lápis, e Denny O’Neal nos roteiros dos títulos Detective Comics e Batman.

Final da década de 70

Marshall Rogers

Resultado de imagem para batman marshall rogers

Fase curta, mas marcante do Cavaleiro das Trevas, na qual Batman encontrou (para muitos fãs) o seu verdadeiro amor na linda e magistral Silver st. Cloud, mas infelizmente precisou optar por proteger Gotham City. Ainda tivemos muita armação política (Ruphert Thorne) e loucuras com o Coringa, Pistoleiro (aquele do Esquadrão Suicida) e Hugo Strange. Com roteiros principais de Steve Englehart nos títulos de Detective Comics.

A Queda do Morcego (1993)

Resultado de imagem para bane broke batman comic

Na década de 90 os maiores heróis das HQs passaram por grandes transformações. Com Batman não foi diferente. Ele foi aleijado pelo vilão estreante Bane e inspirou parcialmente o último filme de franquia de Christopher Nolan, Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012) – o vilão também esteve em Batman & Robin (1997) e Lego Batman: O Filme (2017). Essa fase nos gibis é marcada por exageros. Com Wayne inativo, um novo personagem assume o manto do Homem-Morcego, Azrael. Publicado nos títulos Detective Comics e Batman. Escrito e ilustrado por diversos autores, com destaque para Jim Amparo, Doug Moench, Chuck Dixon e Graham Nolan.

Batman: Morte em Família (1988-1989)

Resultado de imagem para batman A Death in the Family

A década de 80 ainda nos surpreendeu com a morte do segundo Robin (Jason Todd) pelas mãos Coringa de forma cruel.  História escrita por Jim Starlin (sim, o criador de Thanos) e ilustrada por Jim Amparo.

Batman: A Piada Mortal (1988)

Argumento: Alan Moore. Arte: Brian Bolland.

Resultado de imagem para batman killing joke comic

Antes de matar o segundo Robin, o Coringa aleijou Barbara Gordon (Batgirl) e torturou o Comissário Gordon. A arte de Bolland nessa história é de arrepiar. Ganhou versão em animação num filme lançado inicialmente no cinema, em 2016 (exibido somente uma noite), e depois no mercado de home vídeo.

JLA (1997-2006)

Grant Morrison.

Resultado de imagem para jla grant morrison batman

Durante a passagem do roteirista Grant Morrison pela Liga da Justiça, o Cavaleiro das Trevas atingiu seu auge no universo DC, quando foi a maior estrela do título (que contava com os principias heróis da editora), destacando a sua vitória “sozinho” contra a raça de marcianos brancos (mais fortes que o Superman).

Batman: O Longo Dia das Bruxas (1996-1997)

Resultado de imagem para batman the long halloween comic

Com os roteiros de Jeph Loeb e a arte de Tim Sale, fomos brindados com uma série que brincou com a origem do Duas Caras, do Morcego e todos os principais personagens de Gotham City. Algumas das sequências inspiraram Christopher Nolan especialmente em Batman Begins (2005) e Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008), refazendo, inclusive, o momento em que Batman, Comissário Gordon e Harvey Dent se encontram no telhado.

Batman: Terra de Ninguém (1999)

Resultado de imagem para batman no mans land

Vindo na onda da saga Terremoto, quando Gotham foi isolada e isolada pelo governo dos Estados Unidos. É a história que inspirou Nolan no filme de 2012 – um arco desgastante para todos os heróis de Gotham, em que o Coringa teve participação crucial no final.


 

Enfermeiro do Trabalho e Emergencista. Experiência em SAMU. Decenauta de carteirinha (odeia os Novos 52), fã da MARVEL 2099 e Spawn. Colecionador de Action Figures (Super Powers e Total Justice), apaixonado pelas franquias dos anos 80 (Caça Fantasmas, He-Man, Thundercats, Transformers, Tartarugas Ninjas)... Papai do Lorenzo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *