Crítica | Stranger Things – 2ª Temporada (2017)

strangerok1

Stranger Things, a primeira temporada, chegou sem muito alarde e ganhou o mundo. As inúmeras referências à cultura pop dos anos 80 fez marmanjos se emocionarem. Despertou os mais novos para a década de Conta Comigo, Os Goonies, ET, e tantos outros clássicos juvenis.

Houve quem alardeasse o sucesso graças a algum algoritmo do Netflix: o serviço de streaming e os irmãos Duffer teriam concebido a série com base no cruzamento de dados sobre preferências dos fãs. Verdade ou não, o seriado criou legiões de admiradores mundo afora. Eu incluso. Passamos a discutir detalhes do Mundo Invertido, da origem de Eleven, etc. Ficamos encantados, não apenas por lembrarmos da nossa infância, mas pela trama de descoberta, a chegada da vida adulta, o fim (ou não) dos sonhos e os desafios do mundo “real”.

Disponibilizada semana passada, a segunda temporada chegou repleta de expectativas. Com nove episódios. Um a mais que a anterior. Sem o fator surpresa. Não decepciona. Um ano se passou desde que Eleven (Millie Bobby Brown) desapareceu e Will (Noah Schnapp) foi salvo do Mundo Invertido. Tem traumas. Sua mãe Joyce (Winona Ryder) tenta ajudá-lo de todas as formas. Bem como os amigos Dustin (Gaten Matarazzo), Mike (Finn Wolfjard) e Lucas (Caleb McLaughlin). A cidadezinha Hawkins segue aparentemente normal.

stranger4

Mas os terrores e temores dos adolescentes retornam mais intensos. Passamos a conhecer um pouco mais sobre eles, seus anseios, interesses românticos. Dos adultos também. Como o xerife Hopper (David Harbour, o novo Hellboy das telonas). A história é expandida e rompe as fronteiras do município.

Personagens são adicionados ao elenco principal. Conhecemos os irmãos Max (Sadie Sink) e Billy (Dacre Montgomery) e o novo namorado de Joyce, Bob, vivido por ninguém menos que Sean Austin, um dos hobbits de O Senhor dos Aneis. Todos estão bem. Não há quem destoe no time de atores.

Quanto às referências, bom… Há Caça-Fantasmas, Aliens – O Resgate, Gremlins, Contatos Imediatos do Terceiro Grau, A Garota de Rosa-Shocking, O Ataque dos Vermes MalditosO Exorcista, Batman – O Cavaleiro das Trevas, Mad Max e muitas mais.

Fica a vontade de saber os destinos de tantos personagens interessantes.

Stranger Things – 2ª Temporada
Stranger Things
EUA. 2017.
Criadores: Matt Duffer, Ross Duffer.
Com Millie Bobby Brown, Finn Wolfhard, Winona Ryder, David Harbour, Noah Schnapp, Gaten Matarazzo, Finn Wolfjard, Caleb McLaughlin, Sadie Sink, Dacre Montgomery, Sean Austin.
Nove episódios. 51 minutos em média.


 

As opiniões embutidas nos textos são dos seus respectivos autores, e não refletem necessariamente a opinião do site ou de seu editor.
André Azenha
André Azenha

Jornalista, crítico de cinema, produtor cultural, assessor de imprensa. Criou o CineZen em 2009. Escreve uma coluna semanal, aos sábados, para o jornal Expresso Popular, colabora semanalmente com a Rádio Santos FM. Escreveu entre 2012 e 2017 para o blog Espaço de Cinema no G1 Santos. Criador e coordenador do Santos Film Fest, CulturalMente Santista - Fórum Cultural de Santos, Nerd Cine Fest. Em 2016 publicou o livro "Histórias: Batman e Superman no Cinema". Já colaborou com sites, revistas e jornais de diversas partes do país. Realizou 102 sessões de um projeto de cinema itinerante, em Santos. Mestrando em Comunicação pela Universidade Anhembi Morumbi.