Um Oscar – por enquanto – bem indefinido

oscar2016

Parte do Brasil celebrava o carnaval no último sábado (6). Cinéfilos prestavam atenção na premiação do Sindicato dos Diretores nos EUA, uma das prévias para o Oscar. O mexicano Alejandro Iñárritu recebeu o prêmio por “O Regresso”. Foi o segundo consecutivo dele na premiação (o anterior foi por “Birdman”). Assim, colocou mais fogo ainda na corrida pela estatueta de melhor filme.

Os principais termômetros do Oscar são os prêmios dos sindicatos, que possuem, em sua maioria, os mesmos votantes da Academia. Globo de Ouro e Cristic’s Choice Awards são importantes, no entanto seus votantes são profissionais de imprensa. O que esses eventos podem gerar, a princípio, é algum tipo de tendência para votantes indecisos da Academia de Hollywood.

A vitória de Iñarritu “divide” ainda mais a tendência dos votantes. No SAG, o Sindicato dos Atores (que possui grande parte de integrantes da Academia), o filme que recebeu o prêmio de melhor elenco foi “Spotlight – Segredos Revelados”. Melhor elenco, no caso, seria o equivalente ao “melhor filme” para esse sindicato.

Spotlight - Segredos Revelados é um dos concorrentes ao Oscar deste ano Já aquele que é considerado a principal referência para Melhor Filme no Oscar, o Sindicato dos Produtores, elegeu “A Grande Aposta”.

Nesse sentido, teoricamente, temos três filmes que saem na frente: “A Grande Aposta”, “O Regresso” (campeão de indicações, 12 e premiado no Globo de Ouro), e “Spotlight” (agraciado no Cristic’s Choice).

Apesar de “Mad Max: Estrada da Fúria” concorrer em dez categorias, o segundo em número de indicações, e ter recebido diversos prêmios da crítica, deve ficar com categorias técnicas. Seria uma grata surpresa se conseguisse os principais prêmios. Estaria longe de ser injusto: George Miller fez um trabalho magnífico de direção e o filme, apesar de rotulado dentro do gênero ação, geralmente preterido pelos acadêmicos, tem diversas nuances de interpretação.

“A Grande Aposta” pode ter leve vantagem agora. Levou o prêmio do Sindicato dos Editores. No sábado (13), acontecerá a premiação dos roteiristas. Aí poderemos ter maior vislumbre do que deve acontecer em 28 de fevereiro.

Elenco de 'A grande aposta'“12 Anos de Escravidão” e “Argo”, por exemplo, receberam o Oscar de melhor filme mas não o de direção. No caso do segundo, então, nem sequer foi indicado – naquele ano, estranhamente Bem Affleck venceu o Sindicato dos Diretores e não figurou entre os cinco preferidos da Academia. Vai saber…

Mas os dois filmes conseguiram vencer edição ou roteiro (adaptado). “Argo” arrebatou ambas.

Por isso, não será estranho se “A Grande Aposta”, que tem cinco indicações, levar melhor filme, e Iñárritu for o melhor diretor: o que faria dele vencedor por dois anos consecutivos e, no caso, o México com cineastas vencedores em três anos seguidos (Alfonso Cuarón foi coroado por “Gravidade”, duas cerimônias atrás).

Mais perto do dia 28 prometo postar as tradicionais apostas para as principais categorias com aqueles que devem vencer e os que eu gostaria que levassem a estatueta dourada.

Dia 25 de fevereiro, uma quinta-feira, 20h30, acontece a 22ª edição da Palestra do Oscar com Waldemar Lopes no Roxy 4 do Pátio Iporanga. Ótima oportunidade para discutirmos mais sobre os concorrentes. Já, dia 28, o Roxy 5 exibe ao vivo pelo quinto ano a premiação. Waldemar participará comigo e o jornalista Gustavo Klein comentando os prêmios e sorteando brindes nos intervalos da transmissão. As duas noites terão entrada gratuita, mas pede-se a gentileza de um quilo de alimento não perecível em prol da ACAUSA.

leonardodicaprio-oregresso


 

 

André Azenha
Jornalista, crítico de cinema, produtor cultural, assessor de imprensa. Criou o CineZen em 2009. Escreve uma coluna semanal, aos sábados, para o jornal Expresso Popular, colabora semanalmente com a Rádio Santos FM. Escreveu entre 2012 e 2017 para o blog Espaço de Cinema no G1 Santos. Criador e coordenador do Santos Film Fest, CulturalMente Santista - Fórum Cultural de Santos, Nerd Cine Fest. Em 2016 publicou o livro "Histórias: Batman e Superman no Cinema". Já colaborou com sites, revistas e jornais de diversas partes do país. Realizou 102 sessões de um projeto de cinema itinerante, em Santos. Mestrando em Comunicação pela Universidade Anhembi Morumbi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *