Especificidades

 A “coisa” tem as mesmas características de um estupefaciente dentro do campo da medicina.

A “coisa” descambou do vício para a naturalidade que se evidencia como transmitida no sangue, de geração para geração, talvez através de uma molécula alcunhada por “dê ene a”.

Deixemos as conjeituras esparsas e vamos aos “finalmente” desta digressão inculta sobre heranças genéticas, hábitos e velhos vícios, mas passemos primeiro pela análise do desenho de Quinzinho, que encima estas linhas. Um desenho que quase lhe rende um zero na escola primária, não fossem as suas lógicas e fundadas explicações para aquele conteúdo aparentemente ilógico, mas que continha um interessante terceiro interesse… Coisas do tal do “dê ene a”!

A casa idealizada e desenhada em sua infância tem uma janela frontal mas não tem porta, Questionado a respeito, ele explica à mestra que a porta fica nos fundos. A professora insiste na falta de lógica, na distância desarrazoada, mas ele completa com sua sensibilidade, inteligência e perspicácia antecipada no tempo. Afinal, a porta nos fundos era proposital para fazer com que as pessoas transitassem pelas laterais da casa e apreciassem o seu trabalho de jardinagem. Ganhou um dez, animou-se, estudou, ingressou no serviço público e ainda continua levando todos a passearem por onde ele quer ou por onde mais lhe convenha.

Pois, saibam, foi ele quem projetou um túnel em Santos, ligando a Ponta da Praia à zona urbana de Guarujá. E, para complementar esse seu mais recente trabalho, idealizou a planta interligando o planalto ao litoral, com túneis, condutos, trilhos e pistas, todos desembocando a suficiente distância da boca do outro túnel, para permitir o longo e “multiquilométrico” passeio obrigatório, pela área continental entre os dois municípios.

Conclui-se que há sempre acentuada atenção dedicada à coisa pública, todavia esse interesse, além de fugir à lógica, é geralmente muito bem específico.

O CineZen é um site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista), prestar serviços e atuar no incentivo ao cinema nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *