O Emburrecimento Ou Namoro Fatal

Celula-PrimariaParte da trajetória a caminho do fim do homem na terra – por conta da redução de sua saúde e pelo crescimento dos problemas climáticos – passa essencialmente pelo emburrecimento do ser humano.

É isso mesmo!

Basta que se observe com atenção, para perceber que o homem é o assassino de si mesmo e do mundo material que o acolhe.

As abelhas são imprescindíveis para grande parte das culturas vegetais, pois são – junto com os ventos – o caminho de polinização da maioria das espécies e seu conseqüente desenvolvimento. Sem abelhas, a maioria das culturas não mais prosperará, mas elas estão morrendo, estão desaparecendo gradativamente, em especial por conta dos pesticidas e dos inseticidas mortais também para o ser humano e até para a vida do planeta.

Os cânceres e outras doenças mortais ou incapacitantes estão diretamente ligados ao aumento do uso de substâncias tóxicas em todos os ambientes, na lavoura e principalmente na aceleração do crescimento de animais e aves criados de forma criminosa, não apenas para atender o consumo, mas essencialmente para aumentar os lucros dos gananciosos desmedidos.

O homem, esse animal cada vez mais irracional, mata tudo à sua volta, até mesmo o semelhante, para chegar ao que a sociedade chama de “enriquecer”; esse juntar desarrazoado de bens materiais de impossível transporte para o “pós-morte”.

Outro dos caminhos acelerados para a extinção do planeta está diretamente ligado à produção de bens dentro da chamada “obsolescência programada”. Todos os “bens” ainda enganosamente chamados de “duráveis”, são fabricados para terem um máximo de duração e esse espaço de tempo é bem curto, porque é preciso fabricar cada vez mais, vender cada vez mais, para sustentar a indústria e os lucros crescentes de seus acionistas, também e cada vez mais gananciosos. Entretanto, não existe preocupação com o destino desses materiais inservíveis e eles vão parar na natureza deteriorando-a ou dizimando espécies animais e vegetais.

Há toda uma estrutura cultural de aumento irresponsável de produção e de consumo, com organização específica para sustentar essa programação criminosa, chegando a ponto de se ameaçar de morte um engenheiro espanhol que criou uma lâmpada que não queima.

Tudo, tudo gira em torno de lucro financeiro. A essência da morte da vida na terra passa primeiro pelo câncer chamado dinheiro, depois dele vêm o acúmulo irracional de bens e a sede incontrolada de poder.

É o animal “racional” agindo como predador de si mesmo.

É a cobra engolindo o próprio rabo.

É o homem em seu namoro fatal com a morte.

O CineZen é um site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista), prestar serviços e atuar no incentivo ao cinema nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *