Videocast Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge

Christopher Nolan é mestre na arte de gerar expectativas. E tornou “Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge”, terceiro filme do homem-morcego sob sua direção, um dos mais esperados dos últimos anos, quiçá da história. Assim, decidimos fazer o videocast abaixo, dividido em duas partes e apresentado pelo edito do CineZen, André Azenha, e o crítico Rubens de Farias. As imagens e a edição são de Rafael Ponzio, com apoio do Eduardo Abrantes, ambos colaboradores do site. Falamos pra caramba e o material original resultou em mais de uma hora de bate-papo, diminuída pela metade na edição. A gravação aconteceu no Cine Roxy. Confira:

BLOCO 1

Expectativas para o filme, especulações sobre a trama, comentários sobre os personagens e atores, a Mulher-Gato.

http://www.youtube.com/watch?v=XRstlKgoFXE

BLOCO 2

História do Batman no cinema e curiosidades dessa trajetória: as séries dos anos 40, anos 60, inclusive a clássica cena do bat-spray anti-tubarão, os dois longas de Tim Burton, os terríveis de Joel Schumacher, a animação “Batman – A Máscara do Fantasma” e, enfim, Christopher Nolan.  Comentários dos dois filmes do diretor e as HQs que o influenciaram: “Batman – Ano Um”, “O Longo Dia das Bruxas”, “O Legado do Demônio”. Considerações finais.

Veja também o featurette de 13 minutos do filme, com cenas até então inéditas e depoimentos da produção, do diretor e do elenco:

“O Cavaleiro das Trevas Ressurge” estreia em 27 de julho no Brasil. Uma semana antes, nos EUA.

O CineZen é um site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista), prestar serviços e atuar no incentivo ao cinema nacional.

One thought on “Videocast Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge

  1. Parabéns pelo videocast, André e Rubens! Sou superfã do Batman tbém e tenho algumas raridades hehe A atriz que o Rubens também gosta como a Mulher Gato na série de tevê dos anos 60 é a cantora Eartha Kitt (a outra é a Julie Newmar). Curiosamente, no Roma de Woody Allen, quando a esposa dele (feita por Judy Davis) fala que todo mundo canta melhor no chuveiro, até o Woody, ele concorda e diz, “Sim, minha voz até parece com a da Eartha Kitt!” hehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *