Em novembro: Bate-papo beneficente abordará momento do mercado editorial


Não são poucos os casos. A pessoa quer publicar sua obra, procura uma gráfica, faz mil exemplares, lança o livro, vende alguns e fica com um grande estoque em casa, encalhado. Por outro lado, há as editoras. Muitos escritores não conseguem ver suas obras literárias publicadas e distribuídas profissionalmente por essas empresas. Com o intuito de elucidar questões referentes ao mercado editorial, como proceder junto e o que interessa à editora, que o CineZen realizará, em 26 de novembro, um sábado, às 20h, na Ao Café, o “CineZen Mercado Editorial: necessidades das editoras e autores”. O bate-papo contará com a presença de dois profissionais do segmento: Ari Mascarenhas, editor do selo de ficção Mirfak, da Algol Editora, de São Paulo, e Márcio Callegaro, escritor que lançará em breve seu primeiro romance, “Bala com Bala”, distribuído nacionalmente. Ambos responderão perguntas do público.

O encontro é beneficente: pede-se a gentileza da doação de uma lata de Mucilon ou um quilo de alimento não perecível em prol da Casa Vó Benedita, ou um brinquedo em bom estado para a ação Na Trilha do Noel, da Associação Projeto TAMTAM.

O Ao Café (www.aocafe.com.br) fica na Avenida Siqueira Campos, 462, no Boqueirão, esquina do Canal 4 com a Rua Doutor Lobo Viana. Durante o evento, serão sorteados livros e vales-locação da Vídeo Paradiso.

Sobre os debatedores:

Ari e Márcio no lançamento da antologia "Contempoemidade", em São Paulo (Foto: L.AUGUSTO)

Ari Mascarenhas: Graduado em Letras (2007), pós-graduado em Estudos Literários (2010) e com Extensão Universitária pela faculdade de Filosofia, Letras e ciências humanas ( FFLCH-USP) em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa (2010). Autor dos livros “Fruto Vermelho” (2008) e “Contempoemidade: Olhares sobre o espaço que nos cerca” (2011), onde atuou também como organizador da coletânea. Professor de Literatura, atualmente ministra o curso de Literaturas de Língua Portuguesa no Instituto Arapoty, faz parte do grupo de poetas de Itapecerica da Serra (Itapoesia). Atua como membro titular do Grupo de estudos de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa  – FFLCH- USP. É editor do selo de ficção, Mirfak, da Algol Editora desde 2008.

Marcio Callegaro nasceu em São Paulo, re eside em Santos desde 1997.  É estudioso de Teoria da Literatura, transita com facilidade entre diferentes gêneros textuais.  Dramaturgo e romancista, possui premiações em música, teatro, roteiro de HQ, fan fiction, contos fantásticos e literatura infanto-juvenil. Participa da antologia “Contempoemidade — olhares sobre o espaço que nos cerca”, pela Algol Editora, com programação de lançamento de seu romance para novembro deste ano. Contato: mrcallegaro@yahoo.com.br.


André Azenha
: Jornalista, crítico de cinema, editor do www.cinezen.net e do CulturalMente Santista (santoscultural.net). É formado em Roteiro pela Escola de Cinema de São Paulo. Foi repórter e colunista de sites, revistas e jornais de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Alagoas. Desde 2007 é repórter da Veja Litoral Paulista. Em 2008, publicou seu primeiro livro, “Poesia a Quatro Mãos”, escrito em parceria com sua mãe e poetisa Regina Azenha. Trabalhou com o crítico de cinema Rubens Ewald Filho entre 2008 e 2009. Em 2011, fez críticas de filmes para a revista Época São Paulo. No mesmo ano, passou a assinar colunas semanais no portal do Curta Santos e no Jornal da Orla. Mediou o ciclo Documentários Comentados, no Sesc Santos. Participa de e organiza ciclos de cinema e eventos culturais. Colabora com a revista literária Mirante e o Clube de Poetas do Litoral. Também é assessor de imprensa: atuou em agências de comunicação de São Paulo de 2008 a 2011. Em 2009, assessorou a Feira Música Brasil, maior evento do gênero na América Latina, ocorrido no Recife. Criou o CineZen em março de 2009 e no ano seguinte passou a organizar do “CineZen Convida”, com o objetivo de estimular a discussão e a produção cultural. Em 2011, lançou o site CulturalMente Santista, que visa criar um registro jornalístico, na internet, da memória cultural de Santos e região. Escreve também no blog pessoal www.andreazenha.com. Contato: editor.cinezencultural@gmail.com e 13 9744-3726.

Sobre a Algol: Editora brasileira que mantém como foco editorial o universo da música erudita (exclusiva no país unicamente neste segmento). Foi fundada em 2006 pelo empresário Heraldo Luiz Marin. A pedra inaugural foi a publicação do  livro/CD “Minhas Pobres Canções”, da soprano Niza de Castro Tank, trazendo a integral das canções de Carlos Gomes. Em 2009, ganhou notoriedade dentro do universo erudito nacional ao adquirir os direitos e promover o Prêmio Carlos Gomes, já na sua 15ª edição. Trata-se de um importante evento que reconhece os maiores nomes da cena clássica contemporânea. Em 2011, com o intuito de avançar no mercado de livros de ficção e poesia criou o selo Mirfak.

 

Serviço:
1CineZen Mercado Editorial: necessidades das editoras e autores
Quando: Sábado, 26 de novembro, 20h
Onde: Ao Café, Avenida Siqueira Campos, 462, Boqueirão, Santos (telefone: 13 3224-5744
Entrada no evento é franca*
*Pede-se um quilo de alimento ou uma lata de Mucilon para a Casa Vó Benedita

.
Organização:

CineZen: Site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista) e prestar serviços. Semanalmente publica críticas das estreias de cinema e lançamentos em home vídeo, desde filmes contemporâneos até clássicos e cults, colunas, contos, crônicas, reportagens e vídeos, entre outras novidades. Conta com colaboradores de Santos, São Paulo, Santa Catarina, Recife e em 2010 firmou parceria com a Cinemaki, rede social para a discussão de cinema, com membros do Brasil, Argentina, Chile, México, Colômbia, Peru, Venezuela, Espanha, Índia, Estados Unidos e Reino Unido. Atualmente conta com 56 mil acessos únicos mensais. Pode ser acessado pelos endereços www.cinezen.net ou www.cinezencultural.com.br. Contatos: editor.cinezencultural@gmail.com e 13 9744-3726.

Apoio cultural:

Ao Café: Instalada em uma aconchegante casa, rodeada de muito verde, a Cafeteria Ao Café, inaugurada em maio de 2006, se ressalta não só pelo atendimento personalizado, mas principalmente como um local onde se respira cultura. O cardápio possui 20 tipos de café, entre gelados e quentes. Quem preferir um chazinho, a casa possui 33 opções: nacionais e importados, quentes ou gelados. Foi a primeira cafeteria a trazer para a cidade de Santos as famosas sodas italianas. São oito sabores: destacam-se: amora, cereja e maçã-verde. A cafeteria também oferece cervejas long neck Bohemia Pilsen, Bohemia Escura, e a belga Stella Artois, e sorvetes da marca La Basque. Para acompanhar as bebidas a tentação fica por conta dos bolos e salgados. A programação cultural da casa é eclética e pode ser conferida no site www.aocafe.com.br.

Vídeo Paradiso: Locadora que completou 20 anos de atuação em agosto de 2011, possui um acervo com mais de 17 mil títulos, entre DVDs, Blu-rays e fitas VHS. Tem sido parceira e apoiado projetos culturais da região, como da Cinemateca de Santos, Cineclube Lanterna Mágica, Oficinas Querô, cujos curtas são disponibilizados para locação gratuita, Sesc, Curta Santos e o CineZen. Mais em www.videoparadiso.com.br.

André Azenha
Jornalista por formação, crítico de cinema, produtor cultural, pesquisador, curador, assessor de imprensa. Criou o CineZen em 2009. Colaborou com críticas semanais nos jornais Expresso Popular e quinzenais no jornal A Tribuna. Colabora semanalmente com a Rádio Santos FM. Escreveu entre 2012 e 2017 para o blog Espaço de Cinema no G1 Santos. Criador e coordenador do Santos Film Fest - Festival Internacional de Filmes de Santos, CulturalMente Santista - Fórum Cultural de Santos, Nerd Cine Fest e PalafitaCon. Em 2016 publicou o livro "Histórias: Batman e Superman no Cinema". Já colaborou com sites, revistas e jornais de diversas partes do país. Realizou 102 sessões de um projeto de cinema itinerante. Atualmente participa do projeto Hora da Cultura, pela Secult Santos, levando sessões de filmes e bate-papos às escolas da rede municipal. Mestrando em Comunicação pela Universidade Anhembi Morumbi. Escreveu sobre cinema para sites, jornais e revistas de Santos, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Limeira e Maceió. www.facebook.com/andreazenha01

5 thoughts on “Em novembro: Bate-papo beneficente abordará momento do mercado editorial

  1. Obrigado pelo convite André, será uma grande honra participar desse evento e ao lado desse fantástico escritor, poeta e grande amigo que eu tanto admiro, Marcio Callegaro. Será sem dúvida um evento inesquecível. Abraços

    1. Olá Ari! Nós que agradecemos você por ter aceitado de tão boa vontade participar. Tenho certeza que você contribuirá bastante para elucidar várias questões e angústias dos escritores. Será uma noite memorável, informativa, com direito a sorteio de livros. E a presença sempre marcante do Márcio. Agora é divulgar! abração, André

  2. Olá, pessoal, leitores aqui do CineZen que porventura se interessaram neste chamado para o evento. Se você escreve e quer publicar por uma editora comercial, não adianta ficar chorando e se dizendo incompreendido pelas editoras, vem saber como funciona esse mercado. Eu agradeço ao Ari Mascarenhas, que é editor comercial, que é de São Paulo, que conhece muito o mercado, pela gentileza de estar nos brindando (escritores e amantes da arte daqui da Baixada) com a sua presença e seu conhecimento. E parabéns ao CineZen por mais esse evento que, na minha opinião, estava em falta na região. O pessoal da Baixada terá de graça um conhecimento que tive de sair de Santos, e pagar, para obter. Abraço.

  3. Concordo com você, Márcio Callegaro! Parabenizo o Azenha por mais uma iniciativa em prol dos escritores e da edição de livros – sim, não adianta chororô, o negócio é fazer BEM FEITO … vamos ouvir o Ari Mascarenhas+Callegaro+Azenha… com certeza sairemos com novos horizontes, ou melhor, um olhar de entendimento do Mercado Editorial para o estabelecimento de parcerias e realização do projeto/livro (desengavetado, é claro!!!!!!!!!!!!!!!!!!)
    Obrigada! Reserve meu lugar!
    Parabéns pela iniciativa! Abraços,
    Regina Alonso

  4. São esses eventos, com essas pessoas maravilhosas, que me fazem ter saudades do Brasil. Já tive a oportunidade de assistir as palestras do professor Ari e sempre saio com aquela sensação: – COMO É QUE NÃO PENSEI NISSO ANTES?. Quanto ao Márcio estou ansiosa pelo lançamento do Bala com Bala, trabalhamos juntos e não nos conhecemos em Contempoemidade, mas o Ari sempre elogia seus textos. Li suas poesias, agora quero deliciar-me em sua prosa.
    Beijos ao dois e parabéns André Azenha pela iniciativa e pelo trabalho desempenhado, estou na Itália e seu site me deixa bem a par dos acontecimentos culturais da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *