Os pré-candidatos brasileiros ao Oscar 2012

Blu-ray de "Tropa de Elite 2"

O Ministério da Cultura divulgou nesta segunda (12) os 15 filmes brasileiros que disputarão a representação do país na corrida pela indicação para o Oscar de melhor filme em língua estrangeira de 2012.

A lista inclui bombas como “Assalto ao Banco Central” e “Bruna Surfistinha”,  obras medianas (“As Mães de Chico Xavier”) e, claro, “Tropa de Elite 2”.

Outro título concorrente é “Lope”, de Andrucha Waddington, que ano passado foi escalado para representar a Espanha na competição, já que o filme é uma coprodução com este país.

A escolha será feita por uma comissão composta pela secretária do Audiovisual do MinC, Ana Paula Dourado Santana, o presidente da Associação Brasileira de Cinematografia, Carlos Eduardo Carvalho Pacheco, o ministro do Departamento Cultural do Itamaraty, George Torquato Firmeza, e os representantes da Academia Brasileira de Cinema, Jorge Humberto de Freitas Peregrino, Nelson Hoineff, Roberto Farias e Silvia Maria Sachs Rabello.

O anúncio do filme selecionado está marcado para o dia 20.

Confira a lista dos longas inscritos:

“A Antropóloga”, de Zeca Nunes Pires
“As mães de Chico Xavier”, de Glauber Filho e Halder Gomes
“Assalto ao Banco Central”, de Marcos Paulo
“Bruna Surfistinha”, de Marcus Baldini
“Estamos Juntos”, de Toni Venturi
“Família Vende Tudo”, de Alain Fresnot
“Federal”, de Erik de Castro
“Filme Vips”, de Toniko Melo
“Histórias Reais de um Mentiroso VIPS”, de Mariana Caltabiano
“Lope”, de Andrucha Waddington
“Malu de Bicicleta”, de Flávio Ramos Tambellini
“Mulatas! Um Tufão nos Quadris”, de Walmor Pamplona
“Quebrando o Tabu”, de Fernando Grostein Andrade
“Trabalhar Cansa”, de Juliana Rojas e Marco Dutra
“Tropa de Elite 2”, de José Padilha

Tomara que haja bom senso e os jurados não tentem escolher o filme que “se enquadra” no gosto da Academia. Foi por uma dessas, que “Cidade de Deus” e o primeiro “Tropa de Elite” ficaram de fora – “Cidade de Deus” seria indicado, um ano depois, a quatro das principais categorias. Ou seja, a pretensão do júri brasileiro acabou no ridículo.

O CineZen é um site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista), prestar serviços e atuar no incentivo ao cinema nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *