Seven: Os 7 Crimes Capitais


Quando falamos sobre um filme policial sempre nos vem à mente um filme repleto de perseguições, tiroteios e uma edição de imagens em ritmo alucinante. Mas “Seven” não é bem assim…

Dirigido por David Fincher, “Seven” amplia os limites do policial com um roteiro inteligente que combina, de forma equilibrada, elementos do gênero com requintes de arte. O filme não se resume a tiros e policiais tomando café e comendo rosquinhas em busca de bandidos.

Fincher narra a história de dois policiais que se deparam com assassinatos que se manifestam de forma estranha, repletos de significados e simbologias, que exigem experiência, cultura e percepção dos detetives William Somerset  (Morgan Freeman) e David Mills (Brad Pitt).

Freeman interpreta um detetive experiente, que está há sete dias de sua aposentadoria e não quer se envolver num caso complexo, enquanto Brad Pitt é o impetuoso, ansioso e ambicioso detetive que se transfere para a cidade grande e violenta em busca de aventuras.

O desafio é encontrar um serial killer refinado, culto, que mata de acordo com os sete pecados capitais: gula, preguiça, vaidade, inveja, luxúria, avareza e ira. Com esses ingredientes, “Seven” expande os sentidos e limites do policial e nos faz refletir sobre os valores da sociedade capitalista.

Vale ressaltar que os diferentes temperamentos dos detetives não são aleatórios no filme, pois se entrelaçam aos pecados relacionados ao assassino em série.

Com um final criativo e surpreendente, o único pecado que você cometerá após ler essa coluna é o de não assistir a esse excepcional filme.

Por incrível que pareça, “Seven” conseguiu apenas a indicação ao Oscar na categoria Montagem, de Richard Francis-Bruce. Como já aconteceu com outros filmes, agora sempre figura na lista dos melhores de todos os tempos.

Curiosidades:

O roteiro foi escrito por Andrew Kevin Walker, que na época era caixa da Tower Records.

Roberto Miguel Rey Júnior, conhecido como Robert Rey no reality show “Dr. 90210” (no Brasil “Dr. Hollywood”), foi consultor médico neste filme.

SEVEN – OS SETE CRIMES CAPITAIS
(Se7en, EUA, 1995)
Direção: David Fincher.
Roteiro: Andrew Kevin Walker.
Elenco: Morgan Freeman (Detetive William Somerset), Brad Pitt (Detetive David Mills), Daniel Zacapa (Detetive Taylor), Kevin Spacey (John Doe), Gwyneth Paltrow (Tracy Mills), John Cassini (Oficial Davis), Peter Crombie (Dr. O’Neill), Richard Portnow (Dr. Beardsley), R. Lee Ermey (Capitão da polícia).
Thriller / Suspense.
127 minutos.

Principais prêmios e indicações:

– Indicação ao Oscar: Montagem.
– Saturn Award: Roteiro, Maquiagem.
– Crítica de Chicago: Fotografia.
– Fantasporto: Filme, Roteiro.
– Crítica de Londres: Ator do ano (Morgan Freeman).
– National Board Of Review: Ator coadjuvante (Kevin Spacey).
– Crítica de Nova York: Ator Coadjuvante (Kevin Spacey).

O filme integra o acervo da Vídeo Paradiso.

Leia mais sobre e comente o filme também na Cinemaki.

Ricardo Flaitt (Alemão) é colunista do Cinezen Cultural, historiador e assessor de imprensa do Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos. Autor do livro “O Domesticador de Silêncios”. Contato: ricardoflaitt@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *