A Inquilina: Historinha previsível que desperdiça bons atores

Hilary Swank é excelente atriz. Merecia papéis melhores. Ela e o veterano Christopher Lee são desperdiçados em historinha previsível: garota se muda para apartamento onde coisas estranhas ocorrem e é cortejada por locador (Jeffrey Dean Morgan), que também é seu vizinho.

Curiosamente, o trabalho foi produzido pela britânica Hammer, responsável por tantos filmes de terror dos anos 50, 60 e 70 e que retoma parceria com Lee após 35 anos.

Fora isso, é uma tremenda bobagem. Não funciona como suspense, thriller, terror, nada. Nem diverte como produção B. É fácil perceber quem é o vilão e, ao invés de medo, ficamos constrangidos pelo coitado. O elenco é mal aproveitado e prejudicado por personagens mal construídos, pobres.

Difícil entender como Hilary, detentora de dois Oscars, por “Meninos não Choram” e “Menina de Ouro”, que surge mais bonita, sexy, tem aceitado atuar em longas assim. Culpa dos agentes? Certamente ela pode conseguir coisa melhor. Jeffrey Dean Morgan, cuja melhor atuação foi ao viver o Comediante em “Watchmen” e que já havia trabalhado ao lado da atriz em “P.S. Eu te Amo”, também está mal, bem mal.

Para ser ignorado ou – se você ainda assim for conferir – esquecer logo, logo.

A INQUILINA
(The Resident, EUA / Reino Unido, 2011).
Direção: Antti Jokinen.
Roteiro: Antti Jokinen, Robert Orr.
Elenco: Hilary Swank, Jeffrey Dean Morgan, Christopher Lee, Lee Pace.
Suspense.

Estreia no Brasil: 22/07/2011.

Leia mais sobre e comente o filme também no Cinemaki.

André Azenha
Jornalista por formação, crítico de cinema, produtor cultural, pesquisador, curador, assessor de imprensa. Criou o CineZen em 2009. Colaborou com críticas semanais nos jornais Expresso Popular e quinzenais no jornal A Tribuna. Colabora semanalmente com a Rádio Santos FM. Escreveu entre 2012 e 2017 para o blog Espaço de Cinema no G1 Santos. Criador e coordenador do Santos Film Fest - Festival Internacional de Filmes de Santos, CulturalMente Santista - Fórum Cultural de Santos, Nerd Cine Fest e PalafitaCon. Em 2016 publicou o livro "Histórias: Batman e Superman no Cinema". Já colaborou com sites, revistas e jornais de diversas partes do país. Realizou 102 sessões de um projeto de cinema itinerante. Atualmente participa do projeto Hora da Cultura, pela Secult Santos, levando sessões de filmes e bate-papos às escolas da rede municipal. Mestrando em Comunicação pela Universidade Anhembi Morumbi. Escreveu sobre cinema para sites, jornais e revistas de Santos, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Limeira e Maceió. www.facebook.com/andreazenha01

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *