Mostra de cinema árabe traz filmes inéditos ao país

"Microphone", de Ahmad Abdallah, é uma das atrações da mostra

O ICArabe (Instituto da Cultura Árabe), em parceria com o SESC SP, Prefeitura Municipal de São Paulo, Cinemateca Brasileira e o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), realiza de 16 e 29 de junho, na capital paulista, a 6ª Mostra Internacional Mundo Árabe de Cinema. A abertura da Mostra acontece em 15 de junho, às 19h30, no CineSESC, quando será exibido “Microphone” (2010), de Ahmad Abdallah, primeiro filme egípcio a receber o prestigioso prêmio The Golden Tanit em Cartago.

Serão apresentadas 15 produções de países como Tunísia, Egito, Síria, Emirados Árabes, Iraque, Argélia, Marrocos, Palestina, entre outros. Os filmes foram selecionados pela brasileira Nagila Guimarães e pela tunisiana Dora Bochoucha, que optaram por incluir no circuito obras que representassem com fidelidade as particularidades de suas nações de origem, mas sem pretender o isolamento. Os longas abordam cada uma dessas nações, mas unem os povos do mundo inteiro por meio da emoção e da esperança. Revelam as tensões e o que há de harmônico entre a singularidade e universalidade.

Alguns dos trabalhos foram produzidos por cineastas que surgiram nos últimos 10 anos. São filmes que integraram as seleções de festivais importantes: Cannes, Sundance, Toronto, Veneza e Berlim. Alguns também atingiram sucesso de bilheteria em seus países, como os egípcios “Microphone” e “Um a Zero”.

http://www.youtube.com/watch?v=ShKGkDGu9O0 Trailer de “Microphone”

Estão na programação “Caindo por Terra” (2008), de Chadi Zenedine, e nomes como Mohamad Al Daradji, diretor de “Filho da Babilônia” (2009), aclamado em 2010 pela Revista Variety como o Cineasta do Ano do Oriente Médio.

“Cidade da Vida” (2009), de Ali Mostafa, primeiro filme dos Emirados Árabes a ser distribuído nacional e internacionalmente, “Outra Vez” (2009), de Joud Said, mais jovem diretor sírio a concluir um longa-metragem, também integram o evento.

“What a Wonderful World” (2006), premiado segundo longa-metragem do diretor, ator, escritor e artista plástico Faouzi Bensaïdi, “Casanegra” (2008), de Nour-Eddine Lakmari, que revela o Marrocos a partir de suas questões sociais como a pobreza, a prostituição, a homofobia, as drogas e a violência, e “Fora da Lei” (2010), de Rachid Bouchared, indicado ao Oscar 2011 de melhor filme estrangeiro, também serão exibidos.

Filme "Cidade da Vida"

As mulheres marcam forte presença nesta mostra. Da tunisiana Raja Amari será exibido “Segredos Enterrados” (2009), seu segundo longa-metragem que concorreu em Veneza e Abu Dhabi. De Anne-Marie Jacir, “Salt of this Sea” (2008), seu primeiro longa.

E ainda: “Um a Zero” (2009), de Kamla Abu Zekri, campeão de bilheteria no Egito e festivais internacionais, “Todo Dia é Feriado” (2009), primeiro longa de Dima El Horr, que mistura política e surrealismo, e “Câmeras Abertas” (2009), de Mayson Pachachi, cineasta iraquiana que já teve vários documentários premiados e é co-fundadora do Independente Film & Television College, centro gratuito de formação de cinema em Bagdá.

Outros documentários da mostra são “VHS Khaloucha” (2007), de Néjib Belkadhi, a história hilária de um cineasta amador que produz longas em VHS, e “Reciclar” (2007), de Mahmoud Al Massad, sobre o ambiente social gerador de terroristas e imigrantes.

Em 29 de junho, encerramento do circuito, está previsto um encontro com as curadoras. Elas comentarão a situação atual da Tunísia pós-levante, ocorrida no início deste ano, e tratarão do mercado cinematográfico naquele país.

As exibições acontecem em algumas das principais salas da metrópole: CineSESC (16 a 23/6), Centro Cultural São Paulo (17 a 26/6), Cinemateca (21 a 29/6) e Matilha Cultural (21 a 25/6). Neste ano, a mostra acontece também em Brasília e Belo Horizonte.

A 6ª Mostra Internacional Mundo Árabe de Cinema pretende fortalecer o intercâmbio entre os cineastas e o público dos diferentes países e abrir uma janela para que outras culturas possam ser vistas sob um olhar mais reflexivo e menos preconceituoso, tornando o diferente mais conhecido e menos assustador.

Serviço:
6ª Mostra Mundo Árabe de Cinema
Quando: 16 e 29 de junho
Onde: CineSesc (16 a 22/6), Centro Cultural São Paulo (17 a 25/6), Cinemateca (21 a 29/6)
Cinesesc – R. Augusta, 2075 – Cerqueira César, tel.: 11 3087-0500
Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso, tel.: 11 3397-4002
Cinemateca – Largo Senador Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino, 11 3512-6111
Abertura: 15 de junho, às 19h30, no CineSesc, com a exibição de “Microphone”
Informações: www.mundoarabe2011.icarabe.orgwww.icarabe.org/mostras/mundoarabe2011.

O CineZen é um site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista), prestar serviços e atuar no incentivo ao cinema nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *