Arthur Laurents (1918-2011)

O timaço de "West Side Story" em 1957: Stephen Sondheim, Arthur Laurents, Hal Prince, Robert Griffith, Leonard Bernstein e Jerome Robbins

Arthur Laurents, consagrado diretor, dramaturgo e roteirista, morreu nesta quinta-feira, 5, vítima de complicações geradas pela pneumonia. Ele tinha 92 anos (de acordo com a biografia no iMDB) e morava em Manhattan. As informações foram divulgadas pelo seu agente William Morris Endeavor.

Nascido no Brooklyn, em 14 de julho de 1918, iniciou a trajetória profissional no rádio e tentou a sorte em Hollywood, embora o sucesso tenha chegado pela Broadway, com musicais como “West Side Story”, sua versão moderna de “Romeu e Julieta”, que voltou a encenar em 2009.

Durante os 70 anos de carreira, passou por diferentes gêneros, desde os filmes de Alfred Hitchcock “Festim Diabólico” e “Anastasia”, com Ingrid Bergman, a “Momento de Decisão”, com Anne Bancroft e Shirley MacLaine.

Como roteirista, um de seus trabalhos mais conhecidos é “Nosso Amor de Ontem” (1973), adaptado de seu romance homônimo e protagonizado por Barbra Streisand e Robert Redford.

Laurents ganhou o prêmio Tony pelo musical “Hallelujah, Baby!”, em 1968, e a láurea de melhor diretor de musical por “A Cage Aux Folles”, em 1984.

O CineZen é um site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista), prestar serviços e atuar no incentivo ao cinema nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *