Superman | Ursa, vilã de Krypton, deve estar no filme

Diane Kruger, Alice Eve e Rosamund Pike (Foto: Montagem)

Nesta sexta-feira o CineZen publicou notícia da Variety sobre a provável ausência de Lois Lane no filme novo do Superman. E que três atrizes estariam no páreo pelo principal papel feminino do filme. Pois agora é a vez do Latin Review afirmar que, sim, Diane Kruger (“Bastardos Inglórios”), Alice Eve (“Território Restrito”) e Rosamund Pike (“007 – Um Novo Dia para Morrer”) disputam uma personagem no longa. Mas não a mocinha. Segundo o site, uma delas interpretará Ursa, vilã de Krypton, o planeta natal do herói.

Sarah Douglas interpretou Ursa em "Superman" e "Superman II"

Ao contrário do noticiado ontem, o Latino Review ainda diz que Lois Lane estará também no filme, e que algumas das atrizes anteriormente citadas pela imprensa poderão ser testadas para viver a repórter (exceto Kristen Stewart, que já negou o convite).

Ursa já apareceu nos dois primeiros filmes do super herói, em 78 e 80, interpretada por Sarah Douglas. A personagem é integrante de um trio de vilões Kryptonianos, liderados pelo General Zod, que escapa da Zona Fantasma (para onde fora enviado pelo pai de Superman, Jor-El).

Fica a dúvida se Zod também estará no filme.

O roteiro do novo Superman, também chamado de “Man of Steel” (que não é o título oficial), vem sendo escrito por David S. Goyer, baseado em uma história criada por Goyer e Christopher Nolan. Thomas Tull e Lloyd Phillips são os produtores executivos. Charles Roven, Emma Thomas, Christopher Nolan e Deborah Snyder são os produtores do longa.

As filmagens devem iniciar em 22 de agosto, segundo o cronograma de produção que vazou no início do mês. A estreia será em dezembro de 2012.

O CineZen é um site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista), prestar serviços e atuar no incentivo ao cinema nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *