A Rede Social: Até que ponto é verdade?

Você usa Facebook? Está antenado em redes sociais? Comprou um smartphone só para poder ficar mais tempo plugado nas novidades? Se a resposta for positiva, então você faz parte do mundo 2.0.

Hoje, os sites são grandes empresas, avaliadas em milhões ou bilhões de dólares, com grande poder e que estão cada vez mais presentes, sendo até indispensáveis em nossas vidas. Contudo, quem diria a alguns anos que criando um site de relacionamento você poderia se tornar um bilionário?

A tecnologia cresce rapidamente e a informação circula cada vez mais rápida na rede. Muitas das coisas que antigamente seriam ficção, atualmente são reais e fazem parte da vida moderna como algo natural, como se já existissem há décadas. Porém, com toda essa evolução, muitas pessoas acham que é simples, ou não entendem absolutamente nada, sobre como é feito um site, quais são os procedimentos envolvidos, organização de idéias etc. Muitas usam coisas que não sabem nem como foram feitas. E isso não se aplica apenas à internet).

“A Rede Social” é um filme verídico, ou não, sobre a história e origem do Facebook.com, mais especificamente de seu fundador, e atualmente CEO, Mark Zuckerberg – CEO seria o Diretor Executivo ou Diretor Geral [Chief Executive Officer].Em poucas palavras, é a pessoa com maior autoridade e responsabilidade na organização. O filme é baseado no livro The Accidental Billionaires: The Founding of Facebook (Os Bilionários Acidentes: A Fundação do Facebook), que por sua vez é totalmente inspirado na realidade. Nomes, empresas, acontecimentos… Tudo que está no filme, aconteceu!

Contudo, o longa não foi apoiado pelo Facebook, cujos fundadores desaprovaram o longa, inclusive Mark Zuckerberg, que disse: “Boa parte do filme é ficção. Estamos falando de minha vida, portanto eu sei que ela não é tão dramática assim.”, disse ele a Oprah Winfrey.

Jesse Eisenberg e o verdadeiro Mark Zuckerberg

Quanto a Eduardo Saverin, que é brasileiro, depois de muito tempo sem se pronunciar, foi mais receptivo à produção, dizendo que espera que os jovens se inspirem a colocar suas ideias em prática.

Lógico que nenhuma história consegue ser 100% idêntica ao que de fato aconteceu, ainda mais no cinema Sem drama não existe filme. Mas, acredito que 99% possa ser transmitido, mesmo porque o que interessa mais é a forma como desconhecidos criaram uma rede social que virou febre mundial.

O brasileiro Eduardo Saverin é interpretado por Andrew Garfield

Independente de sua veracidade ou não, “A Rede Social” é totalmente bem construído. Com uma bela direção do renomado David Fincher (“O Curioso Caso de Benjamin Button”, “Zodíaco”, “Clube da Luta” e “Se7en”), além de ótimas atuações de Jesse Eisenberg, no papel de Mark Zuckerberg (“A Vila”, “A Lula e a Baleia”, “Amaldiçoados”e “Zumbilândia”) e Andrew Garfield (o novo Homem-Aranha), no papel do brasileiro Eduardo Saverin.

O filme mostra basicamente a concepção da ideia do Facebook, seus criadores, o que eles fizeram para obter sucesso e o que o dinheiro e a ganância são capazes de causar. Também nos mostra que um coração magoado por uma grande paixão pode fazer com que sintamos a necessidade de fazer algo que chame a atenção.

A pergunta que fica no ar é: Copiou a ideia ou não?

A resposta para essa questão fica a seu critério. O que podemos afirmar é que, como diz o velho deitado: “Nada se cria, tudo se copia”.

Se você já teve ou tem alguma idéia, tente colocar em prática. Vai que tu te tornas um novo milionário da web.

“Ninguém tem olhos e gostos iguais. Cultura e saber nunca são demais.
Nunca se prenda a comentários. Vivencie-os e tire suas próprias conclusões.”

Rafael Ponzio

Leia também: A Rede Social: Intrigas e reviravoltas em novo David Fincher, por Ricardo Prado

A REDE SOCIAL
(The Social Network, EUA, 2010).
Direção: David Fincher.
Roteiro: Aaron Sorkin.
Elenco: Jesse Eisenberg, Andrew Garfield, Rashida Jones, Brenda Song, Justin Timberlake, John Getz, Dakota Johnson, Mark Saul, Brian Palermo.
Drama – 14 anos.
120 minutos.

Estreia nos cinemas brasileiros: 03/12/2010.*

* “A Rede Social” foi exibido no encerramento da 34ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo na noite de quinta-feira, 04/11.
.
Galeria
.
[nggallery id=30]
.
Leia mais sobre e comente o filme também no Cinemaki.

Rafael Ponzio, publicitário, músico, também trabalha com informática, mas sonha em ser um grande produtor cinematográfico. Nascido em Santos, é palmeirense de coração e canceriano, do dia 20 de julho. Gosta dos filmes de diversos gêneros, mas tem mais apreço pelos suspenses inteligentes. Colabora com o site nas formas mais variadas e pitorescas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *