Warner dá sinal verde para produção de O Hobbit

A Warner Bros. comunicou nesta sexta-feira, 15, que deu sinal verde para o início das filmagens de dois filmes baseados no livro “O Hobbit”, de J.R.R. Tolkien.

Peter Jackson, diretor da trilogia “O Senhor dos Anéis”, também baseada na obra de Tolkien, estará à frente do longa, cuja produção começará em fevereiro. O cineasta co-escreveu os roteiros com Fran Walsh, Philippa Boyens e o diretor Guillermo del Toro.

“Explorar o mundo de Tolkien vai muito além de uma experiência cinematográfica normal”, disse Jackson em comunidado. “É uma viagem até um lugar muito especial de imaginação, beleza e drama. Estamos ansiosos para tornar a entrar nesse maravilhoso mundo com Gandalf e Bilbo”, afirmou.

O longa estava parado na etapa de pré-produção há meses por causa das dificuldades financeiras enfrentadas pela MGM.

Inicialmente, del Toro seria o diretor e Jackson o produtor, mas por causa dos atrasos, del Toro abandonou o projeto em maio, para cuidar de outros compromissos.

A Warner e a MGM fizeram um acordo que permite que a MGM cubra a sua metade dos custos de produção, estimados em US$ 500 milhões, o que inclui gastos com as filmagens em 3D, segundo declarações dadas ao jornal The Hollywood Reporter.

“O Hobbit” é baseado nas aventuras de Bilbo Bolseiro, hobbit que vive na Terra Média, cheia de magos, elfos e outros personagens fantasiosos. O personagem sai em busca de um tesouro guardado por um dragão.

O livro, publicado originalmente em 1937, é o precursor da trilogia “O Senhor dos Anéis,” que também acontece na Terra do Meio-mundo e que arrecadou quase US$ 3 bilhões mundialmente. Sua terceira parte, “O Retorno do Rei” recebeu o Oscar nas 11 categorias que foi indicado, inclusive filme e diretor.

O CineZen é um site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista), prestar serviços e atuar no incentivo ao cinema nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *