Roteirista de Beleza Americana estreia como diretor em Tabu

Estreia na direção cinematográfica de Alan Ball, roteirista vencedor do Oscar e do Globo de Ouro por “Beleza Americana”, que se afastou do cinema para construir sólida carreira na TV, dirigindo e escrevendo episódios das séries “A Sete Palmos” (da qual é criador) e “True Blood”, entre outras. Baseado num livro de Alicia Erian (que já foi comparado ao próprio “Beleza Americana” e a “Lolita”), “Tabu” aborda temas como a descoberta da sexualidade, pedofilia e a Guerra do Iraque. Ou seja, não é nada comercial ou convencional, ainda mais para típico e torpe norte-americano médio. E acabou lançado direto em home vídeo por aqui.

A trama traz a jornada de Jasira (Summer Bishil), que está entrando na adolescência. Durante a Guerra do Iraque, ela vive com sua mãe americana (Maria Bello) e o futuro padrasto, que está encantado com a crescente maturidade da garota. Assim, para evitar “problemas” entre o marido e a filha, sua mãe a envia para o Texas, onde ela passa a morar com o pai de origem libanesa, mas naturalizado americano (Peter MacDissi). O pai a educa nos valores tradicionais da cultura muçulmana, e pela frente Jasira terá que se adaptar ao novo modo de vida, ao preconceito dos colegas na escola, e ao poder sexual que exerce sobre os homens, em especial um vizinho militar (Aaron Eckhart).

Com história que foge aos clichês, “Tabu” tem personagens e situações interessantes e cenas divertidas, a exemplo dos primeiros orgasmos alcançados por Jasira. Seu pai, por sua vez, a educa com a rigidez árabe, mas odeia Saddam Hussein e se considera norte-americano, a ponto de hastear uma bandeira dos EUA em frente à sua casa.

Outro ponto positivo é o elenco, começando pela protagonista, Summer Bishil, que na época do lançamento do filme nos EUA já tinha 18 anos, cinco a mais que a idade de sua personagem. Ela também possui carreira televisiva, com participações nas séries “Hannah Montana” e “Three Rivers” e tem tudo para desenvolver uma trajetória cinematográfica bacana.

O elenco coadjuvante não fica atrás. Peter MacDissi (libanês que trabalhou com Alan Ball no seriado “A Sete Palmos”) e Aaron Eckhart (o Harvey Dent/Duas Caras de “Batman – O Cavaleiro das Trevas”) destacam-se respectivamente como o pai de Jasira, que também deve superar seus próprios preconceitos, e o vizinho que fica atraído pela garota. Em menores participações, estão as ótimas Toni Collete (“Um Grande Garoto”), como a vizinha que ajuda a protagonista, e Maria Bello, na pele da mãe irresponsável.

TABU
(Towelhead, EUA, 2007).
Direção e roteiro adaptado: Alan Ball.
Elenco: Summer Bishil, Aaron Eckhart, Toni Collete, Maria Bello, Peter MacDissi.
Drama.
111 min.

Lançamento direto em DVD no Brasil: Junho/2010.

Leia mais sobre e comente o filme também no Cinemaki.

André Azenha
Jornalista por formação, crítico de cinema, produtor cultural, pesquisador, curador, assessor de imprensa. Criou o CineZen em 2009. Colaborou com críticas semanais nos jornais Expresso Popular e quinzenais no jornal A Tribuna. Colabora semanalmente com a Rádio Santos FM. Escreveu entre 2012 e 2017 para o blog Espaço de Cinema no G1 Santos. Criador e coordenador do Santos Film Fest - Festival Internacional de Filmes de Santos, CulturalMente Santista - Fórum Cultural de Santos, Nerd Cine Fest e PalafitaCon. Em 2016 publicou o livro "Histórias: Batman e Superman no Cinema". Já colaborou com sites, revistas e jornais de diversas partes do país. Realizou 102 sessões de um projeto de cinema itinerante. Atualmente participa do projeto Hora da Cultura, pela Secult Santos, levando sessões de filmes e bate-papos às escolas da rede municipal. Mestrando em Comunicação pela Universidade Anhembi Morumbi. Escreveu sobre cinema para sites, jornais e revistas de Santos, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Limeira e Maceió. www.facebook.com/andreazenha01

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *