Página inicialCríticas & ArtigosHome VídeoO Grande Mestre homenageia herói verídico do kung fu

O Grande Mestre homenageia herói verídico do kung fu

Sai direto em DVD no Brasil a primeira parte da cinebiografia do mestre de Bruce Lee


Se Hollywood costuma gerar tantas cinebiografias de seus ídolos do cinema, figuras políticas e outros nomes importantes para a cultura norte-americana, natural que em Hong Kong surja um longa-metragem que homenageie um dos maiores nomes naquilo em que eles sejam especialistas: as artes marciais.

É o caso dessa produção que retrata – como diz o título em português – um dos grandes mestres do kung fu: Yip Man, símbolo das artes marciais chinesas e que teve entre seus discípulos o também lendário Bruce Lee.

Realizado por um diretor com certa experiência, o longa tem como protagonista o ator Donnie Yen (participação em “Blade 2”), que soube compor um personagem  tanto para as cenas do cotidiano como as sequencias de ação.

Aliás, as coreografias formam o ponto forte da produção, com duelos divertidos e bem filmados que ajudaram o filme a fazer sucesso de público no Oriente (garantindo uma continuação para esse ano mantendo diretor  e ator principal) e ser premiado em eventos importantes do cinema asiático como o Festival Estudantil de Pequim (Diretor e Ator), Fant-Asia Film Festival e o Hong Kong Film Awards.

Pena que o roteiro seja irregular. A trama ora tenta soar engraçada, ora periga descambar para o melodrama, não dá maiores explicações sobre como Yip Man tornou-se um grande lutador (fatos que apareceriam num terceiro filme sobre o personagem, que narra sua juventude) e faz uso da ficção para tentar emocionar o espectador – o que o prejudica o filme como cinebiografia.

Mas se você não levar em conta esses deslizes, presenciará ótimas cenas de luta, como aquela em que o protagonista, prisioneiro do exército japonês que invadiu a China, desafia dez lutadores rivais para conseguir arroz e vingar a morte de um amigo. Ou o clímax do longa – um duelo entre Yip Man e um general nipônico.

“O Grande Mestre” é lançado direto em home vídeo no Brasil acertadamente. No cinema passaria em branco, mas em DVD tem tudo para encontrar seu público-alvo: fãs de e interessados em artes marciais. Só não caia na estratégia de divulgação que tanto fala em Bruce Lee.

Se você está interessado no filme para curtir referências ao astro de “Operação Dragão”,  saiba que ele é apenas é citado nos créditos finais.

O GRANDE MESTRE
(Yip Man, Hong Kong, 2008).
Direção: Wilson Yip.
Roteiro: Edmond Wong.
Elenco: Donnie Yen, Simon Yam, Siu-Wong Fan.
Ação / Drama biográfico.
106 minutos.
.

.
Lançamento direto em DVD no Brasil: 11/05/2010.

André Azenha
André Azenha

André Azenha é jornalista, crítico de cinema, produtor cultural e assessor de imprensa. Editor dos sites CineZen e CulturalMente Santista, colunista do G1 Santos. Já organizou mais de 70 bate-papos culturais. Idealizou o Nerd Cine Fest Santos - Festival de Cinema e Cultura Nerd e Geek do Litoral Paulista, a Mostra Cine Brasil Cidadania e o evento CulturalMente Santista - Diálogos Culturais. Realizou mais de 50 sessões do projeto Cine Comunidade em vinte espaços de Santos, principalmente áreas de vulnerabilidade social. Trabalhou com o crítico de cinema Rubens Ewald Filho entre 2008 e 2009. Teve textos publicados em revistas de São Paulo e Rio de Janeiro. Trabalha com assessoria de imprensa, inclusive do Cine Roxy, que fez 80 anos em 2014. Tem três livros artesanais publicados: Poesia a quatro mãos (2008), em parceria com sua mãe Regina; Coletânea CINEZEN vOL. 1 e Meu Namoro com o Cinema, esses dois últimos de 2012. Ministra o curso "Introdução à História, Teoria e Crítica de Cinema", com duração de 25 encontros em três meses.

Acesse todos as publicações de André ou opine através do email

Comente aqui, curta no Facebook, siga no Twitter e adicione no Google+, afinal, Cultura faz bem ao espírito =)
Assine nosso conteúdo através do RSS ou receba por email.

1 comentário para O Grande Mestre homenageia herói verídico do kung fu

  1. gostei muito do filme mostra a história de um homem que mesmo passando por uma mudança triste continuou mantendo sua honra e humildade muito bom mesmo.

    20.01.2011

Escreva seu comentário

Em hipótese alguma seu email será revelado.
Todos os campos marcados com asterisco ( * ) são de preenchimento obrigatõrio.

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor do comentário. Leia os termos de uso.