James Cameron fala sobre 3D e relançamentos de Avatar e Titanic

Na quarta, 10 de março, o “USA Today” entrevistou o cineasta James Cameron após um evento para promover o lançamento das primeiras televisões com tecnologia 3-D. O diretor falou sobre os vários aspectos do 3D, seu potencial no mercado de home video, a conversão de “Titanic” para o formato e o aguardado Blu-ray de “Avatar”.

Sobre como “Avatar” está e pode disseminar o uso de três dimensões nos filmes, Cameron afirmou que a obra é apenas parte do processo, o ponto alto de uma onda que promoveu o 3-D, ao lado do CEO da DreamWorks Animation, Jeffrey Katzenberg. “Nosso papel nos últimos cinco ou seis anos foi convencer os donos de cinemas a investir em infraestrutura para receber os filmes que estávamos produzindo. Agora precisamos de uma segunda onda, de mais salas. Tivemos salas o suficiente para ‘Avatar’ e ‘Alice no País das Maravilhas’, mas agora vamos ter um filme após o outro vindo em 3D. Mostramos que o mercado 3D é extremamente lucrativo e que não é algo que vai passar”, explicou o cineasta.

Ele também falou que espera uma boa receptividade dos consumidores em relação às televisões 3D, pois o custo, segundo o diretor, não será tão alto e as pessoas estão buscando a experiência mais sofisticada do formato: “A qualidade de imagem das TVs a que eu assisti [o uso de 3D] eram muito boas. A questão agora é colocar conteúdo nessas telas. As empresas de eletrônicos criaram quase o mesmo problema que tivemos com os filmes, só que ao contrário. Com os filmes, estávamos criando o conteúdo mas ainda não havia cinemas. Agora temos falta de conteúdo, porque esse espaço não poderá ser inteiramente preenchido por filmes, não conseguimos produzí-los tão rápido. Esse espaço terá que ser preenchido pela programação ao vivo das emissoras.”

Cameron também alertou aqueles que tentarem utilizar a tecnologia usada em “avatar”, patenteadas por ele: “Esses licenciamentos vão depender das nossas alianças estratégicas. Podemos disponibilizar nossa propriedade intelectual ou então estar envolvidos em processos durante muito tempo. Nós descobrimos todas essas coisas empiricamente há seis ou sete anos, então patenteamos. Se outras pessoas tentarem fazer um filme do jeito que fizemos ‘Avatar’, vão receber um telefonema.”

O diretor ainda voltou à pauta dos filmes que são convertidos em 3D na pós-produção. “Os filmes convertidos nunca serão tão bons quanto os que são filmados em 3D. É meio um 2,8D. Eles estão convertendo ‘Fúria de Titãs’ em oito semanas mas, eu acho, para que fique bom esse processo precisa de seis meses a um ano. Sabe, do dia para a noite todos viraram um expert em 3D. Eles pensam ‘o que podemos aprender com ‘Avatar’? Que você pode ganhar mais dinheiro com 3D’, e ignoram o fato que pensamos esse filme desde o início em 3D. Eles querem conquistar em algumas semanas coisas que conquistamos com anos de produção”, detonou o diretor.

Cameron, que prepara o retorno de “Titanic” aos cinemas, obviamente em três dimensões, terminou comentando o lançamento do Blu-ray de “Avatar”, que, espera ele, aconteça em setembro. “Mas talvez relancemos o filme nessa época [nos cinemas], já que o filme travou nos cinemas por causa do lançamento de ‘Alice no País das Maravilhas’ e, de acordo com os exibidores, perdemos algumas centenas de milhões de dólares com isso. Vamos avaliar se ainda haverá vontade de ver o filme, depois dos blockbusters do meio do ano. Também estamos falando sobre adicionar material extra, fazer algo criativo.”

O CineZen é um site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista), prestar serviços e atuar no incentivo ao cinema nacional.

One thought on “James Cameron fala sobre 3D e relançamentos de Avatar e Titanic

  1. Titanic sempre sera o melhor filme do mundo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *