César – Um Profeta é o grande vencedor do Oscar francês

Cena de "Um Profeta", que levou nove prêmios no César 2010

“Um Profeta”, filme dirigido pelo francês Jacques Audiard, já havia ganhado o Grande Prêmio do Júri em Cannes e, ontem à noite, no Teatro de Châtelet, de Paris, confirmou sua força como sério candidato ao Oscar de Filme Estrangeiro deste ano, ao vencer nove categorias no 25º César, o Oscar do cinema na França.

O drama de um jovem imigrante em uma prisão francesa, interpretado por Tahar Rahim – eleito Melhor Ator e Ator Revelação no evento -, e que encarna a evolução desde o pobre delinquente que se torna hábil protagonista do crime organizado, convenceu os acadêmicos.

Sucesso de público e crítica, o  longa de Audiard proporcionou ao cineasta um recorde pessoal no César: um prêmio a mais que os oito de seu filme anterior, “De battre mon coeur s’est arrêté” (“De tanto bater, meu coração parou”), há quatro anos.

Ao receber um dos prêmios, Audiard discursou a favor de quem trabalha sem documentos legais, sem residência, mas que contribue para a riqueza da França, tema que está em voga atualmente naquele país.

Ele é um dos artistas que acabam de promover um curta de apenas três minutos de duração, no qual se denúncia essa situação social de milhares de imigrantes. O cineasta aproveitou a presença do ministro de Cultura, Frédéric Mitterrand, no teatro, para pedir sua intervenção para resolver a questão.

Além dos prêmios, os 1,2 milhão de espectadores do filme na França confirmam que, nesta ocasião, crítica e público caminharam lado a lado.

Por muito pouco, “Um Profeta” também não igualou “O Último Metrô” e “Cyrano de Bergerac”, que venceram dez categorias cada.

Harrison Ford recebeu de Sigourney Weaver um César honorífico pela sua carreira.

Isabelle Adjani, César de Melhor Interpretação Feminina por “La Journée de la Jupe”, arrebatou seu 5º prêmio no evento.

“A L’origine”, drama social dirigido por Xavier Giannoli, foi a decepção da noite. Com 11 indicações, saiu apenas com o César de Atriz Coadjuvante para Emmanuelle Devos.

As informações são da Agência EFE.

O CineZen é um site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista), prestar serviços e atuar no incentivo ao cinema nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *