Goya 2010 – Celda 2111 é o grande vencedor do Oscar espanhol

Cena de "Celda 2111"

Foram divulgados os vencedores do Goya, o Oscar espanhol, prêmio que leva o nome do pintor Francisco Goya.

“Agora”, drama histórico de Alejandro Amenábar, estrelado por Rachel Weisz, levou sete troféus. Entre eles, os de efeitos especiais, roteiro e figurino.

A atriz Lola Dueñas (“ Abraços Partidos”, “Volver”, “Mar Adentro” e “Fale com Ela”) foi premiada por sua atuação em “Yo, También”, de Álvaro Pastor e Antonio Naharro.

Porém, o grande vencedor do ano foi “ Celda 2111”, de Daniel Monzon. O filme, sucesso de bilheteria na Espanyha, cuja trama é sobre uma rebelião na prisão, saiu premiado com oito Goyas, inclusive de Melhor Ator para Luis Tosar, Melhor Filme, Roteiro e Direção.

Pedro Almodóvar passou em branco com seu “Abraços Partidos”.

O CineZen é um site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista), prestar serviços e atuar no incentivo ao cinema nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *