Sindicato da crítica francesa premia Um Profeta e A Fita Branca

"A Fita Branca", do austríaco Michael Haneke, foi eleito o Melhor Filme Estrangeiro

“O Profeta”, do francês Jacques Audiard, e “A Fita Branca”, do austríaco Michael Haneke, foram eleitos pelo Sindicato Francês da Crítica de Cinema ontem, 9 de janeiro, respectivamente como Melhor Filme Francês e Melhor Filme Estrangeiro de 2009.

Os dois longas já foram agraciados na última edição do Festival de Cinema de Cannes (França), onde “A Fita Branca” recebeu a Palma de Ouro, e “Um Profeta”, o Grande Prêmio do Júri.

Ambas as obras estão entre os finalistas ao Oscar de Filme Estrangeiro.

A crítica francesa divulgou também nesta terça-feira que também premiou “Adieu Gary”, de Nassim Amaouche, como Melhor Estreia Francesa, e “Mei Ling”, de François Leroy e Stephanie Lansaque, como o Melhor Curta-Metragem do país.

Os prêmios do Sindicato da Crítica são considerados um indicador dos possíveis premiados no César, o Oscar francês, que serão anunciados em 27 de fevereiro.

O CineZen é um site independente sobre cinema, DVD e Blu-ray, TV e eventualmente literatura, quadrinhos, teatro, música e artes plásticas, lançado em 29 de março de 2009. Tem o objetivo de informar, analisar obras e cobrir eventos dessas áreas (com atenção para a Baixada Santista), prestar serviços e atuar no incentivo ao cinema nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *