Entre a Vida e a Morte

Por André Azenha

entreavidaeamortecimaEntre a Vida e a Morte (The Lazarus Project, EUA, 2008). Direção: John Glenn. Roteiro: John Glenn e Evan Astrowsky. Elenco: Paul Walker, Piper Perabo, Brooklynn Proulx, Bob Gunton. Suspense / Drama / 14 anos. 100 min. (Cor). Áud: Port, Ing. Leg: Port, Ing.

“Entre a Vida e a Morte” foi o primeiro filme como diretor de John Glenn (roteirista de “Controle Absoluto”, 2008, com Shia LaBeoulf), no qual também co-escreveu.

A idéia não é original: o que está acontecendo na trama pode não ser verdade, uma alucinação. Mas o filme cria o clima necessário para prender a atenção até os fatos serem revelados.

Um ex-condenado (Paul Walker) é sentenciado à morte e se vê após a sua injeção letal trabalhando numa pequena cidade do interior. Quando lhe contam que ele recebeu uma segunda chance de Deus, começa a questionar se realmente morreu.

Mesmo o protagonista Walker (de “Velozes e Furiosos”), não compromete. E a fita ainda tenta gerar uma discussão: é possível realmente transformar pessoas criminosas em cidadãos comuns? Dá pra assistir sem problemas.

6,0

entreavidaum

As opiniões embutidas nos textos são dos seus respectivos autores, e não refletem necessariamente a opinião do site ou de seu editor.
André Azenha
André Azenha

André Luiz de Albuquerque Azenha, natural de Santos (São Pasulo), nascido em 1980, é jornalista, crítico de cinema e produtor cultural. É editor do CineZen Cultural (www.cinezencultural.com.br), site pioneiro e o mais amplo especializado em crítica de cinema na Baixada Santista, litoral paulista. Desde 2012 escreve no blog Espaço de Cinema do G1 Santos, sobre audiovisual na região. Atualmente também tem uma coluna no jornal diário Expresso Popular, a CinExpresso, publicada aos sábados; Colabora quinzenalmente com a Rádio CBN Santos, semanalmente com a Rádio Sorriso FM, de Gramado/RS, comentando os principais lançamentos. Já foi convidado para comentar cinema na TV Tribuna (afiliada Globo na Baixada Santista). Colaborou com textos sobre cinema e música para revistas, jornais e sites de Santos, São Paulo, Limeira, Maceió e Rio de Janeiro. Ministra cursos e oficinas de cinema e jornalismo cultural. Entre eles, “Introdução à História, Teoria e Crítica de Cinema” e “Jornalismo, Assessoria de Imprensa e Crítica Cultural” (Open House Idiomas), “Quadrinhos no Cinema” e “História do Batman no Cinema” (ambos no Sesc Santos). Realiza um projeto de cinema itinerante que percorre bairros de Santos em sessões de filmes seguidas por bate-papos com o objetivo de formar público para cinema e instigar um olha mais crítico por parte do espectador a partir dos filmes. É idealizador da Mostra Cine Brasil Cidadania, que visa exibir longas do cinema nacional seguidos de debates com seus realizadores, Nerd Cine Fest Santos – Festival de Cinema e da Cultura Nerd e Geek do Litoral Paulista, e do Culturalmente Santista – Diálogos Culturais, projeto que integra o calendário oficial de Santos e busca mapear e refletir a cultura produzida na Baixada. Colaborou com o crítico Rubens Ewald Filho entre 2008 e 2009. Trabalhou em agências de comunicação, em São Paulo, entre 2008 e 2011, atendendo clientes de diversas áreas. Segue atuando como assessor de imprensa. Entre seus clientes, está o Cine Roxy, tradicional cinema santista. Produziu a festa de 80 anos do Cine Roxy, em 2014. Fez a assessoria de imprensa da itinerância da Mostra Internacional de São Paulo de 2014, em Santos, e da mostra em homenagem ao cineasta Marcelo Gomes (2015), ambos a convite do Sesc. Em 2011, mediou os debates do ciclo Documentários Comentados. Entre 2013 e 2015, realizou os projetos “CineZen Clube”, no qual convidava personalidades de Santos de diversas áreas para comentar os filmes que marcaram suas vidas, e “Veja o Espetáculo e Conheça o Artista”, com shows e peças seguidas de bate-papos com os artistas. Produziu e realizou mais de 150 bate-papos culturais sobre diversas áreas: cinema, literatura, teatro, produção, política cultural, música, artes visuais, etc. Tem três livros artesanais publicados: em 2008, Poesia a Quatro Mãos, em parceria com sua mãe, Regina, e dois em 2012: “Coletânea CineZen”, que reúne textos do site, e “Meu Namoro com o Cinema”, com críticas de filmes que abordam de alguma forma o amor. Em 2016, lançou o livro “Histórias: Batman e Superman no Cinema” Prepara os livros “A Diversidade no Mundo dos Super-Heróis” e “Filmes que Inspiram”, uma coletânea de críticas e artigos sobre obras que retratam questões relacionadas à cidadania. Contatos:jornalista.andreazenha@gmail.com www.cinezencultural.com.br www.culturalmentesantista.com.br. www.facebook.com/andreazenha01 www.facebook.com/cinezen www.facebook.com/cinebrasilcidadania