Ruas de Sangue

Por: André Azenha

ruasdesangueRuas de Sangue (Streets of Blood, EUA, 2009). Direção: Charles Winkler. Roteiro: Eugene Hess (argumento e roteiro), Dennis Fanning (argumento). Elenco: Val Kilmer, 50 Cent, Sharon Stone. Crime / Policial / Ação. 95 min. (Cor).

7,5

“Ruas de Sangue” parte da quase destruição completa de Nova Orleans, após o furacão Katrina, para mostrar como quadrilhas ganharam território beneficiadas com a tragédia. É o típico filme que passaria despercebido nos cinemas, mas que encontra seu público no mercado de home vídeo – por isso foi lançado direto em DVD.

Quem dirige é Charles Winkler, profissional experiente, também produtor e diretor-assistente de seriados e filmes , entre eles, “Rocky Balboa” (2006). Ele trabalhou com atores que já tiveram seus dias de estrelato, mas atualmente não têm participado de grandes projetos, como Val Kilmer e Sharon Stone = se atualmente os dois não levariam multidões às salas de projeção, encontram sua platéia nas residências de pessoas que presenciaram o auge de ambos.

ruasdesangueum

O longa mostra quatro policiais (entre eles Kilmer e seu atual parceiro, interpretado pelo rapper 50 Cent) que passam a investigar a morte de um colega e se deparam com bandidos fortemente armados que podem estar recebendo ajuda de alguém da polícia. Enquanto investigam o crime, eles passam por consultas com uma psicóloga (Stone).

Apesar de partir dos horrores causados pelo furacão, a trama não procura dar maior profundidade aos traumas causados por ele, e poderia andar sozinha muito bem sem ter recorrido aos fatos reais – é uma estória direta e reta de investigação, com muitos tiroteios, ação e roteiro que levanta a velha questão: é válido a polícia recorrer a métodos agressivos e ilegais para “limpar” as ruas?

ruasdesanguesharon

Val Kilmer surge em cena obeso e visceral como um tira que praticamente atira primeiro para perguntar depois. O rapper 50 Cent se sai bem ao viver o novo parceiro do protagonista e Sharon Stone serve mais como peça de decoração, já que não tem muito a fazer na pele da psicóloga, a não ser algumas perguntas e uma breve suposição de interesse romântico com o personagem de Kilmer.

A obra não vai mudar a vida de ninguém (a sua, do diretor ou dos atores), mas para quem gosta de filmes policiais, trata-se de bom passatempo.

André Azenha
Jornalista, crítico de cinema, produtor cultural, assessor de imprensa. Criou o CineZen em 2009. Escreve uma coluna semanal, aos sábados, para o jornal Expresso Popular, colabora semanalmente com a Rádio Santos FM. Escreveu entre 2012 e 2017 para o blog Espaço de Cinema no G1 Santos. Criador e coordenador do Santos Film Fest, CulturalMente Santista - Fórum Cultural de Santos, Nerd Cine Fest. Em 2016 publicou o livro "Histórias: Batman e Superman no Cinema". Já colaborou com sites, revistas e jornais de diversas partes do país. Realizou 102 sessões de um projeto de cinema itinerante, em Santos. Mestrando em Comunicação pela Universidade Anhembi Morumbi.

One thought on “Ruas de Sangue

  1. esse filme tenho sertesa qe vai ser muito bom por que esse filme eu
    axiti o trile deli e massa de maz fifiti cent suseso pra vc mano fcd e nois
    ate o fim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *