Tempos de Violência

Tempos de Violência (Harsh Times, EUA, 2005). Direção e roteiro: David Ayer. Elenco: Christian Bale, Freddy Rodriguez, Eva Longoria. Ação. 120 min. (Cor).

“Tempos de Violência”, estréia na direção de David Ayer, roteirista do premiado “Dia de Treinamento”(2001), retoma o ambiente das ruas pobres e violentas daquele filme, mas sem a força do argumento que deu o Oscar de Ator a Denzel Washington.

Christian Bale (“Batman Begins” e “O Cavaleiro das  Trevas”) interpreta Jim Davies, ex-combatente no Iraque, atormentado pela guerra, que enxerga na namorada (que tenta trazer do México) e no desejo de trabalhar na polícia, as chances de encontrar a paz que perdeu.

Sem alcançar uma coisa nem outra, tem a companhia do amigo Mike (Freddy Rodriguez, de “Planeta Terror”), também desempregado e que vive uma relação conturbada com a esposa (Eva Longoria, de “Desperate Housewives”).

Jim e Mike tentam se ajudar, mas a falta de perspectiva faz com que voltem às ruas para se meterem nas velhas confusões.

O filme foi um dos primeiros a retratar o trauma da guerra do Iraque, tema que encheu as telas como os filmes pós-Vietnã, mas que aqui só funciona graças a Bale, um ótimo ator.

André Azenha
Jornalista, crítico de cinema, produtor cultural, assessor de imprensa. Criou o CineZen em 2009. Escreve uma coluna semanal, aos sábados, para o jornal Expresso Popular, colabora semanalmente com a Rádio Santos FM. Escreveu entre 2012 e 2017 para o blog Espaço de Cinema no G1 Santos. Criador e coordenador do Santos Film Fest, CulturalMente Santista - Fórum Cultural de Santos, Nerd Cine Fest. Em 2016 publicou o livro "Histórias: Batman e Superman no Cinema". Já colaborou com sites, revistas e jornais de diversas partes do país. Realizou 102 sessões de um projeto de cinema itinerante, em Santos. Mestrando em Comunicação pela Universidade Anhembi Morumbi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *